Projeto de divulgação da memória do Marabaixo, maior tradição cultural do Amapá

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Livro será financiado através da campanha #VamosSonharJuntos

Capa do livro As Tias do Marabaixo – 
projeto editorial de  Laryssa Tavares e 
Ana Lidia Moraes a partir de 
fotos de Fabio Gomes 



O fotógrafo Fabio Gomes, 44 anos, prepara-se para passar o ano clicando pelo Brasil. Tornar sua atividade itinerante foi a melhor forma que encontrou para viabilizar a edição de seu livro As Tias do Marabaixo – Cultura Tradicional do Amapá em Fotografias, cuja publicação irá comemorar seus 25 anos na profissão. Gaúcho de Porto Alegre, Fabio também é cineasta e jornalista, já tendo nove livros publicados; começou a fotografar desde que se tornou repórter de jornal, na cidade de Bento Gonçalves (RS), em 1991.

- O livro As Tias do Marabaixo, meu primeiro apenas de fotos, reúne 200 imagens das mais de 10 mil que fiz nos últimos três anos, registrando as comemorações do Ciclo do Marabaixo em Macapá, com especial atenção a cinco senhoras idosas negras que são consideradas referências desta manifestação cultural de matriz africana cuja origem remonta ao século 18 – explica Fabio Gomes. – São elas: Tia Zefa (100 anos completados agora em 26 de fevereiro), Tia Chiquinha (falecida há um ano, aos 94), Tia Biló (91 anos), Natalina (83 anos) e Tia Zezé (76 anos).

A obra chegou a entrar em pré-venda em dezembro, porém o valor apurado não foi suficiente para garantir a edição – entre design e impressão, são necessários R$ 15 mil para rodar os 2 mil exemplares projetados; parte da tiragem será doada para as famílias das homenageadas.

- Optei por fazer uma edição independente para garantir que o livro saia da forma que considero a melhor para o registro e a difusão desta manifestação cultural tão característica do Amapá. Dificilmente uma editora do centro do país faria uma tiragem deste porte para um tema ligado ao folclore da Amazônia – acredita Fabio.

Através da campanha Vamos Sonhar Juntos, lançada na Quarta-Feira de Cinzas, Fabio Gomes está oferecendo seus serviços ligados a fotografia e cinema a preços especiais, a fim de viabilizar a edição do novo livro. O destaque é para o pacote de ensaio fotográfico, cujo valor foi reduzido à metade (apenas R$ 100,00 por quarenta fotos).

- Este de fato é o item da campanha que mais tem chamado a atenção, até porque há uma possibilidade de a pessoa ter o ensaio realizado sem custos e ainda assim ajudar na campanha – comenta Fabio. – Para isto acontecer, basta indicar outras nove pessoas que contratem o pacote de ensaio; quem indicou ganha seu ensaio grátis e recebe ainda um brinde exclusivo, uma camiseta de Agente do Sonho. Além disso, todas as pessoas fotografadas irão ganhar uma camiseta com foto do seu próprio ensaio.

Também fazem parte da campanha: a oferta de análise de portfólio para modelos, atores e atrizes em começo de carreira; a redução de valores para que instituições culturais contratem, de forma conjunta, a sessão comentada dos cinco curtas-metragens da série As Tias do Marabaixo e a Oficina de Cinema Independente que Fabio Gomes criou a partir da experiência de dirigir estes filmes; e até mesmo a possibilidade de a Oficina ser contratada diretamente por grupos de interessados. A oferta destas atividades está detalhada no site www.jornalismocultural.com.br

Para se inscrever, basta mandar uma mensagem para o e-mail gomesfab@gmail.com até 30 de abril, informando nome, idade, cidade e estado onde mora, e serviço pelo qual tem interesse (ensaio fotográfico, análise de portfólio ou Oficina de Cinema). Dúvidas também podem ser encaminhadas para o mesmo endereço. Os pedidos serão atendidos a partir de maio.

- Algumas pessoas ficam na dúvida em se inscrever, já que não moram em Macapá ou Belém, as cidades que são minha base de atuação há seis anos. Quero garantir que as ofertas são válidas para qualquer ponto do Brasil, e toda pessoa que se inscrever será atendida até dezembro – esclarece o fotógrafo. - Ano passado viajei com as sessões comentadas dos curtas das Tias, e também com uma exposição de fotos do making-off do projeto, passando por sete estados.

Até o momento, a campanha já recebeu inscrições de Alagoas, Amapá, Bahia, Mato Grosso, Maranhão, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima e São Paulo.

- Projetos fotográficos itinerantes não são exatamente inéditos nem no Brasil nem no exterior – comenta Fabio. – O que talvez seja uma novidade da Vamos Sonhar Juntos é que não há um tema pré-definido, cada pessoa é que irá dizer como quer o seu ensaio. Afinal, o nome da campanha em si já é um convite para se sonhar junto: eu me proponho a fazer as fotos que as pessoas sonham, e elas me ajudam a viabilizar meu sonho de lançar o livro em homenagem às Tias do Marabaixo.

Saiba mais:


Nenhum comentário:

Postar um comentário